Carne, tomate e banana tiveram redução de preços no mês de junho

Quem realizou feira em Petrolina-PE e Juazeiro-BA no mês de junho deve ter percebido uma baixa nos valores de alguns produtos, como a carne, o tomate e a banana. Essa redução de preços foi verificada nas pesquisas realizadas pelo colegiado de Economia da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), no Índice da Cesta Básica (ICB).

Devido a menor demanda e a redução do abate, a carne bovina, depois de um aumento no mês de maio, retoma a tendência de meses anteriores, com queda dos preços. Já o tomate já vinha apresentando perda de força na taxa de crescimento, e a banana, que teve forte alta em maio, devido ao aumento da oferta e redução da demanda apresentou uma redução de preço em junho.

Os dois vilões da cesta básica no mês de junho foram o feijão e o pão francês. O feijão continua com a tendência de aumento de preços, devido à escassez de produtos de qualidade. A previsão é que o alimento mais desejado na hora do almoço permaneça o crescimento para o mês de agosto. ​

Outro dado levantado pela pesquisa é que a cesta básica  apresentou, na comparação com o mês de junho, inflação de 1,14% em Juazeiro e deflação de 1,17%, em Petrolina. Ficando com os valores de R$ 322,08 e R$ 333,60, respectivamente.

Assim, um trabalhador do Vale do São Francisco que recebeu um salário mínimo de R$ 937,00, gastou 35% da renda com a compra de produtos da cesta básica. Isto significa que após a aquisição da cesta básica de alimentos, restaram R$608,76 para gastar com as demais despesas (moradia, transporte, vestuário, saúde e higiene e serviços pessoais). 

Boletim da Cesta Básica de Junho 2017.pdf


Texto: Caio Alves (estagiário) 
Jornalista responsável: Thirza Santos DRT-BA 4178 
ASCOM FACAPE